Como estudar a Divina Comédia

Anonim

COMÉDIA DIVINA DE DANTE: COMO ESTUDAR. Durante os três anos do ensino médio, a Divina Comédia aparece no programa italiano, dividido ao longo dos três anos em Inferno, Purgatório e Paraíso. Um verdadeiro pesadelo para a maioria dos estudantes, que se vê diante da incompreensível linguagem de Dante e são reduzidos a aprender pedaços de paráfrase espalhadas aqui e ali, sem uma conexão lógica e sem entender seu significado. Poderia ser por esse motivo que a Divina Comédia é detestada pela maioria dos estudantes, chegando a temê-la durante os exames do ensino médio?

Não perca: Resumo da Divina Comédia em Geral

Image

COMÉDIA DIVINA DE DANTE: ESTRUTURA E RESUMO. Bem, para poder amar Dante e a Divina Comédia e, consequentemente, poder estudar metodicamente esse trabalho muito importante da literatura italiana, devemos adotar um plano de trabalho eficiente que nos permita aprender rapidamente os conceitos e conectá-los. Neste post, explicarei como montar o estudo da Divina Comédia, de modo a tornar o trabalho menos cansativo e ao mesmo tempo mais eficiente e produtivo.

  • 1. Esclarecer a gênese da Divina Comédia. Para ter em mente a gênese do trabalho, precisamos fazer uma leitura da vida de Dante e do contexto histórico. Dessa maneira, entenderemos por que Dante escreveu sua comédia, qual é seu objetivo e quais são os antecedentes literários da obra.
  • 2. Conheça as características gerais da Divina Comédia. Ao longo do período de três anos, as características da Divina Comédia são quase completamente esquecidas, de modo que a leitura dos trigêmeos, sem nenhuma consideração preliminar, parece não ter sentido. Por esse motivo, é bom retomar sempre os personagens principais da Divina Comédia, concentrando-se em seus significados alegóricos, nas questões tratadas (tentando relacioná-las à vida de Dante e ao contexto histórico), na concessão de espaço e tempo., na pluralidade de estilo e linguagem, a figura do protagonista / narrador, o simbolismo dos números. Se esses conceitos básicos forem claros, a leitura do trabalho será mais clara e cheia de significado.
  • 3. Lembre-se da estrutura da Divina Comédia. Mesmo esse fator é frequentemente colocado em segundo plano durante o período de três anos, e o estudo se concentra apenas nas partes individuais do Canticle estudado, esquecendo como e por que chegou a esse ponto. Em resumo, focamos nas seções individuais, esquecendo a visão geral e a estrutura geral do trabalho. Portanto, é apropriado revisar toda a jornada de Dante, da floresta ao Império, entender por que ele viaja pelos 3 reinos, como eles estão estruturados e como ocorre a transição de um reino para outro. Neste ponto, teremos uma base sólida e continuaremos com o estudo específico das músicas e trigêmeos!

COMÉDIA DIVINA: COMO ESTUDAR CANÇÕES E MÚSICAS. Lembre-se de sempre ter uma visão geral também dentro de cada Cântico: Dante está seguindo um caminho com um objetivo geral, específico para cada reino: ele viaja pelo Inferno para explorar o mal no mundo, viaja pelo Purgatório para encontrar o caminho. Para purificar, suba ao Céu para ter uma visão direta de Deus. Por esse motivo, as músicas das quais cada música é composta estão conectadas umas às outras, e é bom saber o conteúdo daqueles com os quais o trabalho direto será realizado. no texto.

Especificamente, para estudar uma única música, você precisa:

  • Leia o resumo inicial da música: Nós já saberemos o conteúdo que iremos ler especificamente.
  • Entendendo como o canto está estruturado: Por exemplo, suponha que precisamos estudar o 1º canto do Paraíso. O 1º canto do Paraíso está estruturado da seguinte forma:
    vv. 1-36: Proemio e invocação para Apollo
    vv. 37-81: transumanização de Beatrice e Dante
    vv. 82-93: primeira dúvida de Dante
    vv. 94-142: segunda dúvida de Dante
  • Leia os trigêmeos e prossiga com a paráfrase: Vamos tomar vv como exemplo. 16-18 do 1º canto do Paraíso:

Até aqui o jugo de Parnassus

Eu era muito; mas agora com ambos

Eu preciso tomar o arenque restante.

Para prosseguir com a paráfrase, devemos primeiro reconstruir a frase:

Até aqui, eu tinha bastante jugo de Parnassus; mas agora é necessário me intrometer no arenque deixado com ambos.

A paráfrase será então:

Até esse ponto, apenas um pico de Parnassus era suficiente; mas agora é necessário enfrentar o teste deixado com ambos.

  • Entendendo o significado do trigêmeo: Para entender o significado do trigêmeo, finalmente, devemos confiar nas notas críticas: então saberemos que apenas um topo de Parnassus (monte da Grécia) se refere às Musas e o outro topo se refere a Apolo. Portanto, para prosseguir com a história do Paraíso (o arenque permaneceu), Dante precisa da ajuda das Musas e Apolo.

Em resumo, aqui estão 5 dicas para estudar melhor a Divina Comédia:

  1. Reveja o contexto histórico e a vida de Dante
  2. Abranger as características gerais do trabalho
  3. Ter clara a estrutura geral do trabalho
  4. Preste atenção ao conteúdo e estrutura de cada música individual
  5. Para o trabalho sobre o texto: reconstrua a frase, parafraseie, leia as notas críticas

COMÉDIA DIVINA DE DANTE: TUDO QUE VOCÊ PRECISA. Agora que você sabe estudar a Divina Comédia, pode começar a usar todos os nossos recursos:

  • Divina Comédia: Resumo do Inferno
  • Divina Comédia: Resumo do Purgatório
  • Divina Comédia: resumo do Paraíso
  • Tema geral da Divina Comédia
  • Tema da Divina Comédia: O Inferno de Dante
  • Breve ensaio sobre Dante Alighieri

Participe do grupo SOS no Facebook Tarefas: resumos e tópicos